Por @latino.romano

Desde lo alto es más fácil ver las sombras que aterran a los más débiles. Arriba en lo inaccesible es mejor mantener la calma.

Los ruidos fuertes y repentinos no son un problema cuando sabes que nadie puede tocarte, que nadie te grita al oído porque tu oído no puede ser alcanzado.

Alerta están los capibaras y los polluelos de guineo, alerta ante el depredador que los vigila desde la maleza. Sus ojos son dos cavernas oscuras y profundas dispuestas a tragarse a quien entre en ellas. Las pequeñas criaturas no tienen paz porque son muchas las cavernas de las que deben cuidarse.

Un bermeno cacarea a lo lejos, su voz aguda clama porque siente el aroma de la fatalidad. En confusión corren las presas buscando donde esconderse, pero en las alturas reposa quieto el gibón, mirando atento el espectáculo; sin inmutarse por el alboroto. Es plenamente consciente de que está a salvo en su lugar privilegiado.

Nada puede perturbarlo en su reino, ni el viento fuerte ni la lluvia. Los cambios de clima no lo asustan, no le perjudican. Tranquilo bosteza al escuchar el lamento de las madres que lloran a sus crías muertas. Con el tiempo nacerán otras, él las verá intentar crecer, también las verá morir.

Tranquilo el gibón seguirá mirando desde su elevado lugar… con la mirada atenta.

Gheyzer J. Villegas (@latino.romano) es un escritor hispano de relatos y poemas, miembro del mundialmente reconocido grupo The Allince para quien escribe estos textos inéditos…

 

English version

By @latino.romano

From above it is easier to see the shadows that terrify the weakest. Up in the inaccessible it is better to stay calm.

Sudden loud noises are not a problem when you know that no one can touch you, that no one is shouting in your ear because your ear cannot be reached.

Alert are the capybaras and the guinea pigs, alert to the predator that watches over them from the undergrowth. Their eyes are two deep, dark caverns ready to swallow anyone who enters them. The little creatures have no peace because there are many caves to look out for.

A bermeno clucks in the distance, its high-pitched voice cries out because it feels the smell of doom. In confusion, the prey runs in search of a place to hide, but in the heights the gibbon rests quietly, watching the spectacle attentively; not being disturbed by the uproar. It is fully aware that it is safe in its privileged place.

Nothing can disturb him in his kingdom, neither the strong wind nor the rain. Changes in the weather do not frighten him, they do not harm him. He quietly yawns as he hears the cry of mothers mourning their dead young. In time, others will be born, he will see them try to grow, he will also see them die.

Quietly the gibbon will continue to watch from his lofty place… with an attentive eye.

 

Versão em português

Por @latino.romano

De cima é mais fácil ver as sombras que aterrorizam os mais fracos. No inacessível, é melhor manter a calma.

Ruídos altos e repentinos não são um problema quando você sabe que ninguém pode tocá-lo, que ninguém está gritando no seu ouvido, porque o seu ouvido não pode ser alcançado.

Alerta são as capivaras e as cobaias, alerta para o predador que as vigia a partir do matagal. Seus olhos são duas cavernas escuras e profundas, prontas para engolir qualquer um que entre nelas. As criaturinhas não têm paz, porque há muitas cavernas a serem vigiadas.

Um bermeno clica ao longe, sua voz aguda grita porque sente o cheiro da desgraça. Em confusão, a presa corre em busca de um lugar para se esconder, mas nas alturas o gibão descansa em silêncio, observando atentamente o espetáculo; sem ser perturbada pela perturbação. Está plenamente consciente de que está a salvo no seu lugar privilegiado.

Nada pode perturbá-lo em seu reino, nem o vento forte nem a chuva. As mudanças no tempo não o assustam, não o prejudicam. Ele boceja silenciosamente enquanto ouve o grito das mães de luto pelas suas crias mortas. Com o tempo, outros nascerão, ele vai vê-los tentar crescer, ele também vai vê-los morrer.

Em silêncio, o gibão continuará a observar do seu lugar elevado… com um olhar atento.

¿Quieres conocer un sitio genial en Instagram? Me encantaría que pudieras seguirlo y mirar las curiosas fotos que hay allí…

Categories:

Comments are closed

“We may not all be on the same page, but we can all read from the same book.” – @thehive
The Alliance on Twitter!
Sorry, that page does not exist.
Archives